Cirurgia Plastica Nariz

CIRURGIA PLÁSTICA NARIZ – RINOPLASTIA – PLÁSTICA NARIZ – RINOSEPTOPLASTIA – SAO PAULO – SÃO PAULO

nariz 1

A cirurgia plástica nariz é também denominada de Rinoplastia. Nesta cirurgia plastica são tratadas as estruturas que formam o nariz: cartilagens, ossos e pele. O tratamento é feito de modo a melhorar a forma das regiões do nariz que causam transtorno ao paciente. Podemos dividir o nariz, didadicamente em 3 regiões principais: a ponta, o dorso e as asas nasais. A cirurgia plastica do nariz é uma cirurgia modular que consiste de vários procedimentos menores para cada região do nariz, que podem ser combinados, de acordo com as queixas do paciente.

A cirurgia plástica do nariz que é realizada pelo dr. Giovanni Andre Viana, é realizada somente por dentro do nariz (endo rinoplastia), mas podem ser necessárias incisões externas nas asas nasais, quando elas precisarem de tratamento, o que não é muito frequente.

A rinoplastia, ou cirurgia plastica nariz, traz alguns desafios ao cirurgião plástico, seja pela diversidade de técnicas que podem ser utilizadas nesta cirurgia de rinoplastia, seja pela diversidade da anatomia nasal dos pacientes, que exige uma cirurgia nasal específica para cada caso.

Embora o cirurgião plástico possa promover mudanças no nariz que melhoram muito a aparência, vale lembrar que a melhora é limitada ao que a anatomia permite. O paciente obtém o resultado que ele pode e não, muitas vezes, o que gostaria. Isso deve ser muito bem compreendido para que a cirurgia lhe traga satisfação. Simulações por computador não vão ajudar para que isso aconteça.

Um detalhe muito importante de se mencionar, é que o nariz tem um grande impacto sobre o perfil e está intimamente relacionado ao queixo na definição de um perfil bonito e harmonioso. Muitas vezes, o tratamento das queixas relacionadas ao nariz se faz pelo tratamento do queixo, permanecendo o nariz intocado. O tratamento do queixo é chamado de cirurgia plástica do mento ou Mentoplastia.

Dr. Giovanni Andre Viana, oferece em São Paulo, Sao Paulo, Brasil, soluções excepcionais em rinoplastia que podem ser usadas para melhorar o aspecto do nariz de qualquer paciente, desde que ele(a) entenda o que poderá ser melhorado pela cirurgia plástica nariz. A rinoplastia, cirurgia plastica nariz, pode remodelar e redimensionar o dorso, a ponta e as narinas para criar uma melhor aparência estética. Dr. Giovanni André Viana preza, sobretudo, pela naturalidade do resultado da rinoplastia.

A Cirurgia Plastica de Rinoplastia (Cirurgia Plastica Nariz)

Do grego rhinos (nariz) + plassein (modelar), a cirurgia plastica nariz (rinoplastia) permite a manipulação da estrutura nasal e a correção de suas deformidades, seja ela genética, decorrente de doença ou pós-trauma (rinoplastia reparadora).

A rinoplastia, cirurgia plastica nariz, pode ser realizada para melhorar a função ou a aparência do nariz, bem como pode ser uma cirurgia plastica que compreende essas duas modalidades de rinoplastia, tornando-se uma cirurgia plástica funcional. Essa cirurgia plastica do nariz pode ser realizada para corrigir sequelas de trauma, defeitos congênitos (de nascimento) ou melhorar problemas respiratórios. Além do que, a rinoplastia pode aprimorar a forma nasal, tornando-o menos pesado na aparência da face, resultando em um rosto mais harmonioso e atraente depois da cirurgia plastica nariz.

Tendo em vista que cada nariz possui particular variação anatômica, as abordagens realizadas durante a rinoplastia, irão depender do tipo de defeito na estrutura do nariz do paciente. Portanto, a rinoplastia é uma cirurgia plastica nariz em que dificilmente os métodos e abordagens utilizados durante a cirurgia plastica serão os mesmos para todos os casos, pois depende exclusivamente do problema a ser corrigido pela rinoplastia e da estrutura do paciente.

Visão das estruturas internas do nariz
Visão das estruturas internas do nariz

Atualmente, existem duas técnicas para se realizar a cirurgia plastica nariz: a de rinoplastia aberta e a de rinoplastia fechada.
Na técnica de rinoplastia aberta, também conhecida por exorrinoplastia, incisões são feitas na columela (pele situada entre as duas narinas) e na pele interna do nariz para que o cirurgião plástico possa modificar a estrutura nasal, deixando pequena cicatriz externa.
Na técnica de rinoplastia fechada, a rinoplastia é realizada sem qualquer incisão externa (corte), sendo possível realizar qualquer modificação no nariz, sem deixar cicatrizes externas. Dr. Giovanni André Pires Viana realiza com excelência a rinoplastia pela técnica fechada, procedimento minimamente invasivo de cirurgia plastica nariz que permite grandes mudanças sem qualquer cicatriz externa.

Ao realizar a cirurgia plastica nariz (rinoplastia) , é importantíssimo que o cirurgião plástico proporcione um nariz “individualizado” para cada paciente, ou seja, ele deve prezar pela naturalidade e pela harmonia do nariz quando em conjunto com outros elementos da face, principalmente para que combine com a etnia do paciente. A individualização de cada nariz na rinoplastia quebra com aquela produção em “massa” de narizes idênticos, queixa muito frequente feita por pacientes que se submetiam a rinoplastia. Dr. Giovanni André Pires Viana, referência nacional em rinoplastia e cirurgia plastica nariz, preza, antes de mais nada, pela naturalidade e individualização dos resultados ao realizar a rinoplastia fechada estruturada.

Rinoplastia fechada – cirurgia plastica do nariz sem cicatriz externa

A cirurgia plastica de rinoplastia, pela técnica fechada, começa com uma incisão delicada no interior das narinas. Dr. Giovanni André Pires Viana então, adiciona, remove ou esculpe a cartilagem e osso do nariz para produzir a forma e tamanho desejados durante a rinoplastia. Ao final da rinoplastia, uma sutura é feita internamente com Vicryl®, um fio de sutura que é absorvido naturalmente pelo organismo. Para parte externa após a cirurgia plastica nariz, Dr. Giovanni André Pires Viana faz o curativo com Aquaplast, que é uma placa de imobilização que é modelada de acordo com o novo nariz confeccionado pela rinoplastia. Uma vez completada a recuperação, a rinoplastia resulta em um nariz visualmente atraente, harmonioso e funcionalmente melhor. Na CLINIPLAST (Sao Paulo,Sao Paulo, Brasil) a melhora no perfil do paciente pela rinoplastia, cirurgia plastica nariz, obteve resultados ainda mais radicais quando em associação com a mentoplastia, cirurgia plastica de queixo muitas vezes é indicada para ser realizada em conjunto com a cirurgia plastica nariz. A rinoplastia também pode ser associada a outros procedimentos de cirurgia plastica como a ritidoplastia ou lifting de face, blefaroplastia (cirurgia plastica de palpebras), entre outros. Entre em contato com a CLINIPLAST e agende uma consulta sobre rinoplastia, cirurgia plastica nariz.

As Funções do Nariz e a Rinoplastia

Especificamente, o nariz tem as funções de respiração (umidifica, filtra e regula a temperatura do ar) e proteção, bem como possibilita o olfato. Todas essas importantes funções do nariz devem ser levadas em consideração pelo cirurgião plástico ao realizar uma rinoplastia, para que esta cirurgia plastica nariz não atrapalhe qualquer um dos importantes elementos que são responsáveis por elas (septo, cornetos e válvulas nasais internas e externas, elementos importantíssimos que influenciam diretamente no fluxo de ar do nariz).

Septo Nasal

O septo nasal é uma estrutura perpendicular, como uma parede, que é composta por uma parte cartilaginosa (cartilagem triangular) e uma parte óssea (osso vômer e osso etmóide), dividindo o nariz ao meio, em duas fossas nasais visualizáveis durante a rinoplastia, de modo que o ar passe de forma laminar de cada lado do septo. Quando se deseja melhorar a função do nariz durante a rinoplastia, deve-se avaliar o septo em toda a sua extensão, pois qualquer deformidade dele pode alterar o fluxo laminar do ar e levar a um aumento secundário dos cornetos. A deformidade dessa estrutura é conhecida por “desvio de septo”, que é aquele septo que se encontra num formato anormal, podendo acarretar problemas para a respiração. A cirurgia indicada neste caso é a septoplastia, que corrige o desvio de septo. A boa notícia é que a rinoplastia pode ser associada a septoplastia para corrigir tanto os problemas estéticos quanto os problemas funcionais de um nariz e essa cirurgia plastica nariz passa assim a ser denominada de rinosseptoplastia.

Cornetos ou Turbinas Nasais

Os cornetos ou turbinas nasais, são lâminas ósseas curvas, como uma elevação lateral de cada parede da cavidade nasal, recobertas de mucosa, que se destacam da face interna do etmóide e fazem saliência pela parte externa das fossas nasais. Têm importante papel no sistema respiratório, no sistema imunológico e no olfato dos seres humanos. Existem dois tipos de cornetos: os cornetos constantes que compreendem corneto inferior, médio e superior e os cornetos inconstantes que compreendem corneto de Santorini e corneto de Zuckerkandl.

O corneto inferior é o maior corneto dentre os três, sendo o responsável pela umidificação, temperatura e filtragem do ar que entra pelo nosso nariz; além disso, o corneto inferior, em sua função de direcionamento do ar que entra, especialmente sua porção mais anterior, tem o maior impacto de resistência ao fluxo de entrada de ar no nariz, podendo ser responsável por até dois terços dessa resistência. Já o corneto médio é o intermediário que protege os seios nasais de entrarem em contato direto com a corrente de ar. Por fim, o corneto superior são estruturas menores que estão ligadas ao corneto médio por terminação nervosa e são responsáveis pela proteção dos bulbos olfatórios.

As mucosas que recobrem a parte óssea dos cornetos, sofrem um ciclo de expansão e contração mediado pelo sistema nervoso autônomo. Os problemas ligados aos cornetos são tratáveis durante a rinoplastia (cirurgia plastica nariz) quando se deseja melhorar a função respiratória além da beleza estética. As alterações de tamanho dos cornetos nasais são conhecidas por hipertrofia de corneto nasal e ocorrem com muita frequência nos casos de corneto buloso (inchaço do corneto médio que pode obstruir os seios paranasais), rinite alérgica e rinite vasomotora (não alérgica). Podem ser tratadas em conjunto com a rinoplastia pela cauterização dos cornetos ou pela cirurgia de turbinectomia ou também chamada de turbinoplastia.

Válvula Nasal

A válvula nasal constitui um importante regulador da dinâmica do fluxo aéreo e se divide em válvula nasal interna e válvula nasal externa. A válvula nasal interna é o ângulo formado entre o septo e a margem anterior da cartilagem triangular. Sua preservação, durante uma rinoplastia, é fundamental para se evitar uma sequela de colapso das asas do nariz durante a inspiração decorrente da cirurgia plastica nariz. Caso o(a) paciente procure um cirurgião plástico já com essa queixa, o tratamento é realizado durante a rinoplastia se dará por um enxerto de cartilagem denominado “spreader graft”.

Já a válvula nasal externa fica situada antes da válvula nasal interna e é o vestíbulo que dá entrada ao nariz. Pode estar obstruída por fatores extrínsecos (corpos estranhos) ou intrínsecos (cartilagens alares enfraquecidas devido ou não a uma rinoplastia prévia, perda de pele vestibular ou estreitamento cicatricial). Existem vários tratamentos possíveis para válvula nasal externa durante uma rinoplastia (cirurgia plastica nariz), que muito vão depender do caso em questão.

Queixas comuns referentes ao Nariz na avaliação para Rinoplastia, Cirurgia Plastica Nariz
Tamanho do Nariz

A rinoplastia realizada pelo Dr. Giovanni André Pires Viana envolve o tratamento das regiões que precisam ser melhoradas em cada caso, resultando em um aspecto natural e harmonioso com a face. Na maioria das vezes, quando se refere a nariz grande, ocorre devido a um dorso alto. Quando o dorso do nariz é abaixado, este passa a ser proporcionalmente mais longo. É por esse motivo que quase sempre temos que encurtá-lo quando ele é abaixado na rinoplastia, levantando, também, a ponta nasal na cirurgia plastica nariz.

Ponta Bulbosa (ou Grossa)

As pontas bulbosas são umas das mais frequentes queixas de rinoplastia em um consultório de cirurgia plástica. Os pacientes sentem-se incomodados com o famoso “nariz de batatinha” e desejam ver sua ponta nasal afinada e mais delicada pela rinoplastia, cirurgia plastica nariz. Para se afinar o nariz, a ressecção parcial das cartilagens alares normalmente já é o suficiente, levando-se sempre em consideração a espessura da pele de cada um, o que pode ser um fator limitante nos casos de nariz com pele muito espessa.

Ponta Caída

A estética natural do nariz diz que a ponta deve ter uma projeção mais alta que o dorso nasal. Quando isso não ocorre, diz-se que o nariz tem a ponta caída (mais baixa que o dorso). Isso pode ser devido a um dos dois (ou os dois) motivos: dorso muito alto ou ponta muito baixa, ambos corrigiveis pela rinoplastia. No caso de dorso muito alto, o tratamento é abaixamento de dorso pela rinoplastia. Quando a ponta está muito baixa, esta pode ser somente suturada mais alta após encurtamento do septo caudal (mais frequente) na rinoplastia, ou sustentada com uma estaca de cartilagem na columela, durante a cirurgia plastica nariz.

Narinas Abertas

Podem-se fechá-las, retirando um segmento na sua parte inferior e lateral, deixando as cicatrizes de excelente aspecto, e posicionado-as de forma que fiquem imperceptíveis após a rinoplastia. Utiliza-se, para isso, um compasso para medir as narinas, de modo que a ressecção, na rinoplastia (cirurgia plastica nariz), do segmento de narina seja simétrico e tenha um resultado harmonioso.

Rinite Alérgica

A rinite alérgica é uma condição em que a mucosa nasal apresenta uma hiper-reatividade, causando prurido (coceira), esternutação (espirros), olfato ruim, cefaléia (dores de cabeça) e coriza (nariz escorrendo). A rinoplastia não melhora e nem piora a rinite alérgica. Essa condição melhora evitando agentes como poeira, pelos, cortinas, tintas, inseticidas e perfumes, por exemplo, ou com tratamento local. Procure um especialista na área para tratar sua renite alergica (otorrinolaringologista e/ou alergista).

Como escolher o médico que realizará a rinoplastia ?

Acreditamos que os seguintes fatores são importantes:
1. Formação: procure saber em qual universidade/hospital ela ser´å realizada.
2. Especialização: por tratar-se de uma cirurgia complexa, investigue se o médico é especialista – cirurgião plástico.
3. Sociedades: o médico é membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica? Caso seja um otorrinolaringologista, o mesmo também deve ser bem formado.
4. Currículo: participação em Congressos, apresentação de trabalhos sobre esta cirurgia.
5. Local da Cirurgia: Onde o médico opera? Procure médicos que operam em hospitais e/ou clínicas que ofereçam total segurança.
6. Resultados: Procure pacientes que o médico já operou e pergunte sobre o grau de satisfação com o resultado e tratamento.

Características da Rinoplastia Fechada realizada pelo Dr. Giovanni André Pires Viana (Cirurgia Plastica Nariz – Sao Paulo – Sao Paulo )

. a rinoplastia pode ser realizada a partir dos 15 anos;
. indica-se a rinoplastia para correção de narizes com defeitos congênitos ou decorrente de traumas, bem como problemas funcionais solucionáveis com a cirurgia plastica nariz;
. essa rinoplastia pode ser feita em qualquer época do ano;
. cirurgia plastica nariz totalmente funcional e individualizada, de acordo com a etnia e anatomia nasal do paciente;
. quando necessário, realizam-se osteotomias na rinoplastia para correção do dorso nasal, estreitando-o;
. quando necessário, faz-se o uso de enxertos na rinoplastia, geralmente colhidos do septo ou das orelhas;
. a rinoplastia primária ou mesmo a rinoplastia secundária podem ser associadas a outras cirurgias plásticas, como, por exemplo, a mentoplastia (cirurgia plastica de mento – queixo);
. os resultados da rinoplastia são duradouros, satisfatórios e naturais.

Vantagens da Rinoplastia – Cirurgia Plastica Nariz

. a rinoplastia é uma cirurgia plastica nasal de baixo risco;
. a rinoplastia é cirurgia plastica realizada em centro cirúrgico;
. cirurgia plastica nariz, rinoplastia, permite mudanças na estrutura nasal, envolvendo a parte estética e a parte funcional, desde as mais simples às mais complexas;
. cirurgia plastica nariz é realizada internamente;
. a rinoplastia realizada pelo Dr. Giovanni André Pires Viana não deixa cicatrizes externas (exceto quando se fecham as narinas);
. não exige muito tempo de repouso no pós-operatório da rinoplastia;
. a cirurgia plastica nariz, rinoplastia, promove excelentes resultados, de forma duradoura e natural.

Benefícios trazidos pela Rinoplastia – Cirurgia Plastica Nariz

A rinoplastia, além de melhorar a auto-estima e a autoconfiança, proporciona a harmonização do nariz em relação as outras estruturas da face, bem como a aproximação dos resultados aos desejos sempre sonhados do paciente, porém, de acordo com os limites impostos pela anatomia individual. Nos casos de a rinoplastia ser associada a outras cirurgias que não apenas a cirurgia plastica estetica nariz para melhorar a funcionalidade do nariz, há a melhora na respiração nasal.

Candidato à Rinoplastia: Para quem está indicada a Cirurgia Plastica Nariz?

Tanto em homens, quanto em mulheres, Dr. Giovanni André Pires Viana indica que a rinoplastia possa ser feita a partir dos 15 anos, desde que o crescimento já tenha terminado, idade em que as estruturas óssea e cartilaginosa do nariz e da face já estão quase completamente desenvolvidas. Além disso, os pacientes decididos a realizar a rinoplastia deverão estar preparados emocionalmente para lidar com a mudança de aparência que a cirurgia plastica nariz pode trazer.

Se você se sente incomodado com seu nariz, agende uma consulta na CLINIPLAST, São Paulo, e descubra qual a melhor solução proposta pelo Dr. Giovanni André Pires Viana para melhorar o aspecto de sua anatomia nasal.

Rinoplastia: Técnica aberta x Técnica fechada

A técnica aberta de rinoplastia, conhecida também por exorrinoplastia ou cirurgia plastica nariz aberta, é uma técnica de abordagem ampla que permite a visão em “céu aberto” dos elementos internos do nariz. É atualmente a técnica de rinoplastia mais utilizada para realizar a rinoplastia devido a facilidade que ela proporciona ao cirurgião plástico realizar as manobras e a boa visibilidade nasal interna durante a cirurgia plastica nariz.

A técnica aberta de rinoplastia não é utilizada pelo Dr. Giovanni André Pires Viana, devido aos seguintes fatores:

. é uma rinoplastia realizada por incisão externa no nariz, deixando cicatriz externa (transcolumelar);
. essa técnica de rinoplastia prolonga o tempo de cirurgia;
. a rinoplastia aberta promove mais inchaço no pós-operatório;
. a cirurgia plastica nariz aberta exige a retirada de pontos;
. a dissecação na rinoplastia aberta é mais agressiva, na medida em que o cirurgião plástico realiza uma dissecação mais extensa para expor melhor as cartilagens;
. essa técnica aberta de rinoplastia promove maior edema (inchaço) na ponta do nariz;
. por fim, a rinoplastia aberta exige maior tempo de recuperação.

Já a técnica de rinoplastia fechada, conhecida por endorinoplastia ou rinoplastia clássica, é a técnica utilizada para realizar a cirurgia plastica nariz que proporciona a mesma qualidade de resultados que a técnica aberta, porém, sem deixar qualquer cicatriz externa, pois todas as manobras realizadas durante a cirurgia são feitas internamente. É menos utilizada atualmente por requerer muita habilidade e experiência por parte do cirurgião plástico, pois este, ao realizar a rinoplastia pela técnica fechada se baseia por sensações táteis com menos visibilidade interna nessa técnica de cirurgia plastica nariz fechada.

Deste modo, seja para abordar o dorso ou a ponta, as incisões realizadas na técnica fechada de rinoplastia são feitas internamente, dentro dos orifícios nasais (narinas). Quando comparada à técnica de rinoplastia aberta, a técnica fechada de rinoplastia oferece as seguintes vantagens:

. a rinoplastia fechada não deixa cicatriz externa (exceto quando se fecham as narinas);
. essa rinoplastia limita a dissecção em áreas que precisam sofrer alterações, não permitindo, então, o excesso por parte do cirurgião plástico;
. mesmo não sendo aberta, a rinopastia fechada permite a criação precisa de acessos para que o enxerto se encaixe exatamente no lugar onde é necessário que fique fixado;
. a cirurgia plastica nariz fechada promove melhor a recuperação por manter as pontes vasculares;
. na rinoplastia fechada ocorre menos inchaço;
. essa técnica de rinoplastia reduz o tempo de cirurgia;
. a rinoplastia fechada não exige a retirada de pontos, com exceção da rinoplastia que envolva redução de narinas, procedimento em que é inevitável a pequena cicatriz na parte externa;
. o paciente se recupera mais rápido após uma rinoplastia fechada, quando comparado com a rinoplastia aberta.

Como tratamos anteriormente, para se realizar a rinoplastia não há uma forma exata. Por ser uma cirurgia plastica nariz que muito depende das alterações anatômicas encontradas no paciente, a técnica de rinoplastia e os meios utilizados vão depender do tipo de nariz a ser operado.
Como cada nariz tem suas particularidades, o que vai ser feito durante a cirurgia plastica nariz, é decisão exclusiva do cirurgião plástico. As possíveis manobras na rinoplastia são tão variáveis quanto o número de variações anatômicas nasais: osteotomias (fratura do osso), ressecções, raspagem, enxertos, etc., serão de escolha do cirurgião plástico antes e durante a rinoplastia, para que se obtenha o resultado desejado da melhor forma possível. Ambas técnicas de rinoplastia podem ser utilizadas em qualquer tipo de nariz para corrigir qualquer tipo de imperfeição peculiar dele, seja para realizar a rinoplastia primária ou rinoplastia secundária, salvo casos excepcionais. Além disso, tanto pela técnica aberta de cirurgia plastica nariz quanto pela técnica fechada de rinoplastia é possível fazer a correção do desvio de septo, de hipertrofia de cornetas e outros problemas relacionados a funcionalidade do nariz.

Fatores para o Sucesso de uma Rinoplastia

Existem alguns fatores básicos que devem ser levados em consideração para que se obtenha sucesso numa cirurgia plastia nariz, rinoplastia.

Análise Naso-facial

É de suma importância que o cirurgião plástico realize uma meticulosa avaliação prévia do nariz e da face do paciente antes de fazer a rinoplastia. Realizar uma rinoplastia sem essa avaliação prévia torna o procedimento inviável, pois o cirurgião plástico precisa entender como se encontra a estrutura que irá trabalhar na cirurgia plastica nariz, esculpir e modelar para melhorar o aspecto e a auto-estima do paciente. Dr. Giovanni André Pires Viana, ao analisar o nariz e a face do paciente previamente à rinoplastia, basicamente, se estrutura em proporções matemáticas como os terços da face e ângulos formados pela anatomia facial, que permitirão prever resultados mais acurados das proporções do nariz em relação à face de cada paciente. Guiado pelo senso estético apurado que tem, Dr. Giovanni André Pires Viana começa a traçar a rota do plano operatório da rinoplastia, se baseando também nos resultados obtidos após a avaliação naso-facial de cada paciente.

Plano Operatório

Como existem diferentes tipos de abordagem de uma cirurgia plastica nariz e os casos de rinoplastia são muito subjetivos, durante a consulta, Dr. Giovanni André Pires Viana explica quais as possibilidades de correção mais viáveis dos defeitos em questão e quais as táticas que poderão ser utilizadas durante a cirurgia plastica nariz. Além disso, depois de discutir o caso com o paciente sobre sua rinoplastia, traça o plano operatório da rinoplastia que melhor proporciona os resultados para o caso específico. Na rinoplastia é importante que o cirurgião plástico siga corretamente o plano operatório previamente estipulado para que os resultados sejam satisfatórios tanto para ele quanto para o paciente.

Anatomia Favorável

Durante a avaliação para uma rinoplastia, geralmente feita na primeira consulta, o cirurgião plástico irá perceber pela anatomia nasal do paciente quais manobras serão necessárias e quais resultados serão possíveis. Infelizmente, se a anatomia não for favorável ao resultado sonhado pelo paciente em sua rinoplastia, nada poderá fazer o cirurgião plástico nesse caso, pois existem limites para se realizar alterações no nariz através da cirurgia plastica nariz. Pacientes que chegam com uma proposta de rinoplastia muito além do que sua estrutura permite deverão fazer uma reflexão sobre a estética confrontando sua própria saúde e entender que nem toda anatomia nasal é favorável ao resultado que se deseja obter. Portanto, o cirurgião plástico que deverá impor os limites, mostrando quais as possibilidades máximas de modificações, sempre dando alternativas aos resultados muito exagerados sonhados pelos pacientes na rinoplastia. Caso isso não ocorra, o cirurgião plástico poderá tanto prejudicar a si mesmo quanto por em risco a saúde do paciente, fazendo com que o equilíbrio facial se perca com a realização de uma rinoplastia sem o devido preparo.

Análise Crítica

Durante uma rinoplastia não são somente os fatores estéticos que devem ser levados em consideração, como foi falado anteriormente, a rinoplastia é uma das cirurgias plasticas mais desafiadoras para o cirurgião plástico. Uma análise crítica deverá ser feita pelo cirurgião plástico para que ele possa passar ao paciente quais serão as consequências da modificação que ele irá fazer na estrutura de seu nariz. Ou seja, além de se ater ao resultado estético do nariz, ele deverá também se preocupar com a funcionalidade e saúde nasal. É como a relação de causa e efeito: qualquer mudança feita durante a cirurgia de nariz, vai gerar efeitos, que podem ser positivos ou negativos. Os efeitos negativos podem ser decorrentes de alterações em excesso ou errôneas pelo cirurgião plástico em uma rinoplastia e podem interferir diretamente na saúde do paciente. Já os efeitos positivos, envolvem a análise prévia, o plano operatório e a anatomia favorável que, em conjunto, proporcionam os bons resultados da cirurgia plastica nariz.

Experiência e Habilidade do Cirurgiao Plastico

Um dos fatores mais importantes para o sucesso de uma cirurgia se deve a experiência e habilidade do cirurgião plástico para realizar uma rinoplastia. Consoante a isto, Dr. Giovanni André Pires viana, prezando por seus bons anos no ramo da cirurgia plastica, está sempre se atualizando, participando de congressos de cirurgia plastica relacionados a rinoplastia, bem como lendo livros e revistas sobre a cirurgia plastica nariz. Acompanhou o ilustre cirurgião plástico Dr. Ivo Pitanguy em muitas de suas cirurgias durante os anos de residência que fez no Rio de Janeiro ao lado do professor. Estudou anatomia a fundo e se tornou um especialista em análise facial voltada à rinoplastia.
Conheça você também! Agende uma consulta na CLINIPLAST e saiba todos os detalhes da rinoplastia realizada em Sao paulo, São Paulo, Brasil.

Características Étnicas e a Rinoplastia

Nariz Negróide e o Indiano

O nariz da raça negra e o indiano que se submetem a rinoplastia normalmente apresentam dorso baixo (ou selado), ponta bulbosa, narinas abertas e com a ponta apresentando pouca sustentação. Para tratar desses defeitos, Dr. Giovanni André Pires Viana eleva o dorso com o enxerto e a fratura durante a cirurgia plastica nariz, afinando a ponta, finalizando a rinoplastia com um enxerto de cartilagem de septo na columela para dar maior sustentação à ponta.

Nariz Asiático

Da mesma forma que o nariz negróide, o dorso do nariz asiático necessita ser elevado com enxerto e fratura em uma rinoplastia. Entretanto, não tocamos nas narinas, e apenas melhoramos a definição de ponta com as manobras descritas e, por vezes, utilizando enxerto de cartilagem na ponta e na columela.

Nariz Árabe ou Libanês

Muito característico desta etnia ter uma grande elevação de dorso (giba) e uma ponta arredondada e caída. Para correção com a cirurgia plastica nariz, Dr. Giovanni André Pires Viana realiza manobras durante a rinoplastia que permitem a uniformização do dorso, fazendo com que fique abaixado e a elevação da ponta, ao mesmo tempo em que o nariz é suavemente encurtado. Afinamos a ponta ao tratarmos as cartilagens alares. O nariz passa a ser mais proporcional à face do paciente após essa rinoplastia.

Pré-operatório da Rinoplastia

Medicamentos que devem ser suspensos Antes de se Realizar a Rinoplastia

Dr. Giovanni André Pires Viana contra-indica o uso de determinados medicamentos antes de se realizar a cirurgia plastica nariz (rinoplastia), pois existem alguns medicamentos que interferem na coagulação do sangue, nos sedativos, na anestesia e na adrenalina, principalmente durante a cirurgia plastica nariz, que devem ser suspensos por um tempo de quinze dias antes e depois da rinoplastia. Dentre eles estão:

Ácido Acetilsalicílico, conhecido por AAS, que é comercializado pelo nome de Aspirina, Alka-Seltzer, Bufferin, etc;
Ginko Biloba;
Arnica, por interferir diretamente na coagulação do sangue;
Antidepressivos tricíclicos (amitriptilina, clomipramina, nortriptilina, etc);
Anticoagulantes orais (marcumar, marevan, etc);
Moderadores de apetite e Medicamentos para Emagrecer (anfetaminas, sibutramina, etc).

Apesar de considerados naturais, a Vitamina E, o Ômega 3 e o chá verde também podem aumentar os riscos de sangramento durante a cirurgia plastica de rinoplastia. Sempre informe ao seu cirurgião plástico sobre todos os medicamentos que você toma, inclusive os naturais.

Exames necessários antes de se realizar a Cirurgia Plastica Nariz

Antes de se realizar a cirurgia plástica de nariz, é necessária a realização de alguns exames, para que Dr. Giovanni André Pires Viana possa avaliar a saúde do paciente, inclusive proporcionar maior segurança ao procedimento. Os exames que normalmente são solicitados antes de se realizar a rinoplastia incluem:

Hemograma completo;
Urina I;
Eletrocardiograma;
Risco cirúrgico (avaliação com cardiologista);
Tomografia computadorizada de nariz com reconstrução em 3D, na maioria das vezes.

Para se realizar a rinoplastia, seja ela primária ou secundária, é importante que o cirugião plástico saiba sobre a capacidade respiratória nasal de cada paciente antes de realizar a rinoplastia, bem como história de trauma no passado, cirurgias anteriores, rinite ou sinusite. Desvios de septo e o nariz como um todo são avaliados. Dr. Giovanni André Pires Viana costuma realizar um exame ectoscópio do interior do nariz, em busca de sinéquias, desvios de septo ou hipertrofia de cornetos para uma completa avaliação para a rinoplastia.

Curativos da Rinoplastia

Os curativos são necessários após a rinoplastia para que eles possam imobilizar a estrutura nasal, até que comece se formar o tecido cicatricial, além de manterem as estruturas esculpidas no lugar, evitarem o acúmulo de sangue entre o esqueleto e a pele, fazerem compressão para que o edema (inchaço) diminua mais rapidamente, auxiliarem na moldagem estética do resultado obtido com a rinoplastia e na respiração, etc. Dr. Giovanni André Pires Vianase utiliza do tampão nasal ou splint, quando necessário, e imobiliza a estrutura do nariz com Aquaplast ao final da rinoplastia. Os curativos feitos após a rinoplastia vão permanecer, por pelo menos duas semanas no paciente, sendo que a primeira semana deverá ficar o curativo com Aquaplast e a partir da segunda semana depois da cirurgia plastica nariz, quando o Aquaplast é retirado,Dr. Giovanni André Pires Viana faz um curativo com micropore, que permance pelo menos, mais uma semana.

Tampão Nasal

Após a sutura, coloca-se, então, um tampão em cada narina, elevando as cartilagens triangulares para que haja uma redução do espaço morto e uma cicatrização mais rápida. Os tampões são formados por gazes embebidas em vaselina líquida e são removidos no dia seguinte à rinoplastia, com exceção de quando for realizada concomitantemente a septoplastia. No caso de associação da rinoplastia com outras cirurgias plasticas para melhorar a funcionalidade do nariz, o tampão deverá permanecer por 48-72 horas, sendo retirado então logo em seguida.

Imobilização com Aquaplast

Antigamente, usava-se um curativo com gesso sobre o nariz após a rinoplastia para sua imobilização. Para proporcionar melhor conforto ao paciente após a cirurgia plastica nariz, Dr. Giovanni André Pires Vianase utiliza do Aquaplast, que é um curativo feito de um plástico termo-moldável, que é modelado de acordo com o nariz novo do(a) paciente. O Aquaplast é retirado em uma semana após a cirurgia plastica nariz, ocasião em que se coloca apenas um curativo feito com micropore cor da pele, que permanece por pelo menos mais mais uma semana.

Dúvidas frequentes sobre a Rinoplastia

É possível garantir o resultado na Rinoplastia?

Não. Qualquer tipo de promessa “milagrosa” ou simplesmente garantia de um resultado exato é totalmente antiético no crivo da cirurgia plastica nariz. Promessas de se obter um nariz igual ao de um personagem famoso, por exemplo, podem deixar o cirurgião plástico bastante complicado. O que pode ser proporcionado pelo cirurgião é o compromisso com o paciente de se utilizar dos melhores meios e técnicas possíveis para resolver seu problema da melhor forma, executando a cirurgia plastica de rinoplastia da melhor maneira possível. O compromisso do cirugiao plastico com seu paciente de rinoplastia deve ser de tal forma que ele só termine de executar a cirurgia plastica nariz quando não houver mais meios e manobras para melhorar mais o problema que provoca insatisfação no paciente. A promessa de resultado na cirurgia plastica é algo que está fora do controle do cirurgião plástico, tendo em vista a diferente cicatrizacao (formaçao da fibrose) e reação do organismo cada ser humano, que é único. Pode haver um compromisso em melhorar aquela região de tal forma que se espere determinado resultado, porém, durante o processo de cicatrização, algumas coisas podem mudar. A experiência do cirurgião plástico conta muito nesta hora: é preciso que desde a avaliação no pré operatório de rinoplastia haja cálculos e estudos meticulosos do paciente, para que na hora da cirurgia plastica nariz ele faça tudo dentro dos limites permitidos para que se obtenha o resultado pretendido, lembrando sempre das possíveis alterações na recuperação após a rinoplastia.

Quais os motivos que podem levar ao insucesso da Rinoplastia?

Os motivos que podem levar ao insucesso da rinoplastia podem ser vários, mas Dr. Giovanni André Pires Viana cita alguns dos mais importantes:

. descuido do cirurgião plástico na avaliação naso-facial prévia à rinoplastia;
. inabilidade do cirurgião plástico de diagnosticar os problemas que realmente estão interferindo na estética e na funcionalidade do nariz;
. falta de planejamento cirúrgico da rinoplastia;
. anatomia desfavorável do paciente para uma cirurgia plastica nariz (pele muito grossa, estrutura muito frágil, etc.);
. pacientes com expectativas muito diferentes daquelas que o cirurgião plástico pode proporcionar, ou seja, falta de sintonia entre o cirurgião plástico e o paciente;
. expectativas muito fora do que a estrutura do paciente permite;
. inexperiência e inabilidade do cirurgião plástico ao realizar a rinoplastia;
. falta de cuidados ao por os curativos de rinoplastia;
. falta de cuidados do paciente no pós-operatório da sua cirurgia plastica nariz;
. resposta inesperada do organismo do paciente, principalmente quanto a formação do tecido cicatricial ou fibrose.

Sempre procure saber se o seu cirurgião plástico tem certificado de especialização, experiência e se é membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plastica, órgão que exige os mais altos padrões de cirurgia plastica no Brasil.

O que é Fibrose?

Fibrose ou tecido cicatricial é o tecido que se forma para cicatrização do local operado, tanto na rinoplastia, quanto em qualquer outra cirurgia. Quando se forma em condições ideais, a fibrose não interfere no resultado da rinoplastia, considerada normal e necessária nestes casos. Porém, o organismo do ser humano, como varia muito, pode fazer com que haja proliferação excessiva desse tecido cicatricial, fazendo com que os contornos nasais fiquem distorcidos, devido à deformação das cartilagens. A fibrose em excesso é um dos maiores motivos que levam os pacientes a recorrerem à rinoplastia secundária.

O Pós-operatório da Rinoplastia é doloroso?

O pós-operatório da cirurgia plastica nariz simples é pouco dolorido. Porém, quando há necessidade de se realizar a osteotomia, enxertos de cartilagem coletados da orelha, entre outras manobras mais complexas de rinoplastia, ou associação de outras cirurgias para correção da função nasal, o paciente poderá sentir um pouco mais de dor no pós-operatório da cirurgia plastica nariz. Para isso, Dr. Giovanni André Pires Viana prescreve analgésicos eficazes para amenizar a dor na rinoplastia. O repouso e cuidados exigidos depois dessa cirurgia plastica nariz deverão ser sempre observados para que haja uma boa recuperação, cicatrização e um pós-operatório de rinoplastia sem dor.

Há dificuldade de Respirar após realizada a Rinoplastia?

Quando a cirurgia plastica nariz é somente realizada para melhorar o aspecto estético, o tampão nasal permanece por 24h. Já quando há intervenção da rinoplastia para melhorar a funcionalidade do nariz, o tampão poderá permanecer por mais tempo. O tampão faz com que o paciente respire pela boca, podendo causar alguma dificuldade nesta fase após a rinoplastia. De qualquer forma, para ambos os casos, passado o tempo necessário, o tampão nasal é removido.
Nas primeiras horas após a remoção, o paciente fará a respiração normalmente pelo nariz, com grande alívio. Porém, depois de algumas horas da retirada do tampão, que estava impedindo o inchaço, as vias aéreas começam a ter seu “calibre” diminuído devido ao edema (inchaço) que começa a se formar internamente, o que é natural depois de uma rinoplastia. A partir daí, o paciente pode ter dificuldade na respiração. A boa notícia é que em uma semana esse edema já começa a regredir, permitindo um que um fluxo de ar maior entre pelo nariz. Portanto, a respiração pelo nariz depois da retirada do tampão pode ficar um pouco prejudicada na primeira semana após a rinoplastia, devido ao inchaço que diminui o calibre das vias aéreas e, consequentemente, a passagem de ar.

Há perda da Sensibilidade do Nariz depois de realizada a Rinoplastia?

A perda da sensibilidade do nariz varia muito após a cirurgia plastica nariz, sendo que ocorre em alguns pacientes e em outros muito pouco, é normal e acomete com frequência os pacientes que realizaram a rinoplastia. Quando ocorre a perda de sensibilidade decorrente da rinoplastia, ela costuma voltar nas 2 primeiras semanas do pós-operatório, porém, o que é muito comum também, é que ela volte só depois de 3 a 6 meses em alguns pacientes. Seis meses a 1 ano é o tempo de cicatrização e de recuperação dos tecidos internos do nariz.

Pode haver hemorragia após uma Rinoplastia?

Há chances de haver hemorragia após a rinoplastia, porém, não é um evento comum. Em alguns pacientes de rinoplastia ela vêm mais intensa e, em outros, com baixo fluxo. A hemorragia é mais frequente quando são realizadas algumas manobras específicas durante a rinoplastia, como as osteotomias (fraturas) e tratamento de desvio de septo e de hipertrofia de cornetos. O exercício físico exagerado no pós-operatório da rinoplastia também é o grande vilão, que poderá acarretar uma hemorragia. No pós-operatório da rinoplastia, é importante que o paciente siga os cuidados e recomendações na recuperação para evitar este tipo de situação.

Pacientes portadores de depressão podem ser operados ?

O médico deve tomar muito cuidado com pacientes portadores de depressão e outras doenças mentais, pois estes podem ter distúrbios de auto-imagem que podem tornar o tratamento um desastre. Por exemplo, de todos os pacientes que procuram a rinoplastia, 20% possuem dismorfismo corpóreo (doença psiquiátrica que faz com que a pessoa nunca esteja satisfeita com o seu corpo). Na cirurgia plástica geral, este índice é de 5%. Portanto, pacientes com depressão só devem ser operados após a liberação do psiquiatra e após uma rigorosa avaliação por parte do cirurgião em relação às expectativas de resultado, etc. Realizar a cirurgia plástica em pacientes deprimidos sem estes cuidados pode gerar grande insatisfação para o cirurgião e o paciente.

Cuidados Pós-operatórios da Cirurgia Plástica de Nariz

Após realizada a rinoplastia São Paulo, Sao Paulo, Dr. Giovanni André Pires Viana faz algumas importantes recomendações que muito influenciarão nos resultados finais:

. nas primeiras 24 -72h após a rinoplastia o paciente deverá respirar pela boca, devido ao inchaço decorrente da cirurgia plastica nariz;
. não molhar o curativo com Aquaplast na primeira semana seguinte à rinoplastia;
. ficar em repouso absoluto nos 5 primeiros dias, sempre com a cabeça elevada;
. pacientes com rinite devem dar preferência a locais arejados e ventilados, uma vez que quando ela surge, espirros e a vontade de coçar o nariz aparecem;
. lavar os cabelos em cabeleireiros para não molhar o Aquaplast;
. depois de retirado o curativo, evitar jato d’água direto no nariz durante o banho;
. não realizar exercícios físicos por um mês após a rinoplastia;
. dormir de barriga para cima no primeiro mês seguinte à cirurgia plastica nariz;
. evite virar o rosto ou prensar o nariz no travesseiro;
. não apoiar óculos, seja de sol ou de grau, nos primeiros dois meses de cirurgia plastica nariz para que não marque ou deforme o dorso ou interfira na cicatrização;
. não sair desprotegido do sol. O uso de filtro solar é indispensável, uma vez que o sol pode manchar a pele do nariz após a rinoplastia;
. o sol direto deverá ser evitado nos três primeiros meses, lembrando sempre que o calor faz com que o edema (inchaço) aumente;
. após o terceiro mês da rinoplastia o paciente poderá pegar sol no começo da manhã ou no final do dia com o uso de filtro solar;
. assoar o nariz não é permitido logo após a rinoplastia, caso haja disconforto, Dr. Giovanni André Pires Viana, prescreverá um bom descongestionante;
. nas primeiras semanas seguintes à rinoplastia não se deve usar cotonetes para limpeza interna, tendo em vista que toda a sutura foi feita por dentro, podendo então o nariz sangrar;
. para limpeza o paciente deverá utilizar-se somente de soro fisiológico;
. qualquer modalidade de exercício que envolva risco de traumatismo (boxe, muay tai, esportes com bola, etc) deverá ser evitada por 2 meses após a rinoplastia;
. o tabagismo, uso de álcool, drogas ou tóxicos são proibidos, tanto no pré, como no pós-operatório, por interferirem diretamente no resultado e na cicatrização.

Tempo de Recuperação da Rinoplastia

Em uma semana, trocamos o curativo com Aquaplast por um menor, com micropore. No décimo quarto dia pós-operatório de rinoplastia, removemos todo o curativo e é também nessa época em que algum eventual roxo acaba desaparecendo. Entretanto, o nariz continua inchado e, quando realizamos as fotos, com dois meses depois da cirurgia plastica nariz, sua recuperação já se completou cerca de 85%. Os outros 15% de inchaço levam até um ano para desaparecerem por completo.

A Contra-indicação da Cirurgia Plastica de Rinoplastia

Dr. Giovanni André Pires Viana não indica a cirurgia plastica nariz seja feita em pacientes com menos de 15 anos, pois, quando abaixo desta idade a estrutura ósseo-cartilaginosa do nariz não está completamente formada, podendo, então, interferir no resultado posteriormente, caso alguma mudança ocorra durante o período do pós-operatório.

Outras possíveis contra-indicações da cirurgia plastica nariz podem decorrer dos resultados dos exames laboratoriais requisitados pelo Dr. Giovanni André Pires Viana no pré-operatório de rinoplastia, bem como naqueles pacientes com expectativas irreais quanto ao resultado da cirurgia plástica nariz.

Rinoplastia Primária e Rinoplastia Secundária: Qual a diferença?

A rinoplastia primária é aquela realizada num paciente que nunca se submeteu a qualquer cirurgia plastica nariz. É denominada primária pois se refere a primeira vez que o indivíduo passará por uma rinoplastia. Proporciona grandes mudanças e obtém-se o resultado desejado quando a rinoplastia é realizada com sucesso.

E quando a rinoplastia não dá certo ou não atinge o resultado esperado? É aí então que deve ser feita a chamada rinoplastia secundária. É a cirurgia plastica nariz realizada para melhorar o aspecto e funcionalidade do mesmo que já foi submetidos a outra rinoplastia (neste caso, a rinoplastia primária).

Para que o cirurgião plástico possa considerar a possibilidade de revisão de uma rinoplastia, o ideal é que o paciente tenha esperado decorrer o período de um ano, contando a partir da data da cirurgia plastica nariz primária (primeira rinoplastia), pois é este o tempo necessário para recuperação total de uma rinoplastia, para que toda a estrutura nasal esteja completamente cicatrizada, recuperada e com inchaço pelo fim. Tecnicamente, a rinoplastia secundária é mais complexa, pois o cirurgião plástico estará lidando com uma anatomia distorcida ou mesmo ausente. Principalmente devido ao edema, não é bom que o cirurgião plástico realize a rinoplastia secundária antes de um ano da rinoplastia primária, pois o inchaço ainda está presente. O edema entre o esqueleto nasal e a pele que o recobre pode fazer com que o cirurgião plástico perca os parâmetros da estrutura original do nariz, sendo de alto risco para os resultados, que podem ficar em desacordo com o que o paciente deseja. Portanto, Dr. Giovanni André Pires Viana recomenda que se espere o primeiro ano da rinoplastia primária antes de realizar a rinoplastia secundária.

Características da Rinoplastia Secundária realizada pelo Dr. Giovanni André Pires Viana

. indicada para correção de narizes com defeitos estéticos e/ou funcionais decorrentes de uma rinoplastia primária;
. pode ser realizada quando passado pelo menos um ano, contado desde a data da cirurgia plastica nariz – rinoplastia – primária;
. cirurgia plastica totalmente funcional e individualizada, de acordo com a etnia e anatomia nasal do paciente;
. quando possível, realiza-se osteotomias para correção;
. quando necessário, faz-se o uso de enxertos, geralmente colhidos dos septos, das orelhas e das costelas;
. a rinoplastia secundária pode ser associada a outras cirurgias plásticas, como, por exemplo, a blefaroplastia (cirurgia plastica de pálpebras);
. resultados duradouros, satisfatórios e naturais.

Outras perguntas que são realizadas frequentemente em relação a cirurgia plastica nariz – rinoplastia:

01) P: A RINOPLASTIA DEIXA CICATRIZES?

R: Certos narizes permitem que as cicatrizes fiquem escondidas dentro da cavidade nasal. Nestes casos, não haverá cicatriz aparente. Em outros casos, entretanto, existem cicatrizes externas pouco aparentes, como conseqüência de incisões (cortes) feitos na columela ou nas asas nasais feitas para se harmonizar melhor o resultado ou mesmo a fisiologia nasal.

Cada paciente comporta-se diferentemente do outro em relação à evolução das cicatrizes e no caso específico do nariz, geralmente tornam-se imperceptíveis, Certos pacientes podem, no entanto, apresentar tendência a cicatrização inestética (hipertrófica ou quelóide). Este fato deverá ser discutido na consulta inicial, bem como suas características familiares. Pessoas de pele clara tendem a desenvolver menos este tipo de cicatrização.Vários recursos clínicos e cirúrgicos nos permitem melhorar tais cicatrizes inestéticas, na época adequada. A cicatriz hipertrófica ou quelóide, não devem ser confundidas, entretanto, com a evolução natural do período mediato da cicatrização. Qualquer dúvida a respeito da sua evolução cicatricial deverá ser esclarecida durante seus retornos pós-operatórios, quando pode se fazer a avaliação da fase em que se encontra.

02) P: EXISTE CORREÇÃO PARA CICATRIZES HIPERTRÓFICAS?

R: Vários recursos clínicos e cirúrgicos nos permitem melhorar tais cicatrizes inestéticas, na época adequada. Não se deve confundir, entretanto, o “período mediato” da cicatrização normal (do 30º dia até o 12º mês) como sendo uma complicação cicatricial. Qualquer dúvida a respeito da sua evolução deverá ser esclarecida com seu médico.

03) P: PODEREI ESCOLHER, PARA O MEU FUTURO NARIZ, A FORMA QUE EU DESEJAR?

R: Não. Existe um equilíbrio estético entre o nariz e a face, equilíbrio este que o cirurgião deve observar, a fim de preservar a naturalidade e autenticidade dessa face. A qualidade da pele do nariz também poderá interferir no prognóstico do resultado almejado. Cada caso é estudado, a fim de que se possa dar ao nariz a melhor forma possível, dentro das exigências da face. Se a sua escolha coincidir com aquele tipo de nariz planejado, sem dúvida seu desejo será atendido. Cirurgião e paciente deverão estar de acordo com o resultado possível de se obter. Além disso, o nariz tem inúmeras funções, dentre elas respiração e olfação, que precisam ser respeitadas.

04) P: O RESULTADO DEFINITIVO EM RELAÇÃO À FORMA E FUNÇÃO É IMEDIATO?

R: Não. Várias fases são características do pós-operatório do nariz. Assim é que, numa 1ª fase (logo após a retirada do curativo imobilizante, em torno o 7º dia), apesar de corrigidos vários defeitos estéticos do nariz original, notamos um edema (inchaço) que vai diminuindo com o passar dos dias e que tende a se normalizar em torno 6 a 12 meses. Existem pacientes que atingem o resultado definitivo um pouco antes, bem como outros que ultrapassam este período. A persistência ou não do edema transitório por um período mais longo que o normal geralmente não interfere no resultado final.

05) P: COMO FICARÁ MINHA RESPIRAÇÃO APÓS A CIRURGIA?

R: A Rinoplastia visa melhorar as condições estéticas e, quando necessário, corrigir algumas alterações respiratórias do paciente, quando estas condições são precárias no nariz original. Poderá haver pequena dificuldade respiratória, em certos períodos do dia, no pós-operatório mediato. Com o decorrer do tempo tende a normalizar-se. Quando a correção do septo se fax necessária, a rinoplastia poderá ser feita simultaneamente ou numa segunda oportunidade, de acordo com o caso.

06) P: SOFRO DE CORIZA CONSTANTE. PODERÁ A CIRURGIA ESTÉTICA ALIVIAR-ME DESTE SOFRIMENTO?

R: A ação da cirurgia sobre este sintoma é imprevisível. O importante é que se tente ao máximo a preservação das funções respiratórias na rinoplastia.

07) P: POR QUANTO TEMPO PERSISTE O RESULTADO OBTIDO?

R:O resultado de uma rinoplastia persiste por longo tempo. Após alguns anos, como em qualquer parte do organismo, poderão ocorrer algumas alterações morfológicas na região nasal, decorrente da idade do paciente.

08) P: HÁ RISCO NESTA CIRURGIA?

R: Todo ato médico inclui no seu bojo, um risco variável e a Cirurgia Plástica, como parte da Medicina, não é exceção. Pode-se minimizar o risco, preparando- se convenientemente cada paciente, mas não eliminá-lo completamente.

09) P: QUAL O TIPO DE ANESTESIA QUE SE UTILIZA PARA A OPERAÇÃO?

R: Tanto a anestesia local sob sedação quanto a geral poderão ser utilizadas. Ficará critério da equipe cirúrgica indicar a mais conveniente.

10) P: QUANTO TEMPO DEMORA O ATO CIRÚRGICO?

R: Entre uma e duas horas. Em alguns casos este tempo é ultrapassado. Entretanto, o tempo de ato cirúrgico não deve ser confundido com o tempo de permanência do paciente no ambiente de Centro Cirúrgico, pois, esta permanência envolve também o período de preparação anestésica e recuperação pós-operatória. Seu médico poderá lhe informar quanto ao tempo total.

11) P: QUAL O TEMPO DE INTERNAÇÃO?

R: Poderá variar de meio período até um dia de internação. Dependendo do tipo de anestesia utilizada e da recuperação do paciente no pós-operatório imediato.

12) P: SÃO UTILIZADOS CURATIVOS?

R: Quando se realiza o procedimento de fratura, o nariz é mantido imobilizado com gesso ou outro material, que o recobre totalmente, permanecendo por cerca de sete a oito dias. Em alguns casos é utilizado o tamponamento nasal, que poderá ser deixado por 24 a 72 horas. Quando da associação com septoplastia ou retirada das conchas nasais, o tempo de permanência dos tampões poderá ser ampliado.

13) P: O NARIZ SANGRA NOS PRIMEIROS DIAS?

R: Existe um pequeno sangramento, que é normal nas primeiras 48 horas. Isto, entretanto, não deverá ser motivo de preocupação, pois um curativo de proteção, sobreposto a abertura do nariz, é conservado propositadamente, a fim de higienizar esse sangramento. Esse curativo adicional poderá ser trocado em casa, tantas vezes quanto necessário.

14) P: HÁ DOR NO PÓS-OPERATÓRIO?

R: Raramente. A rinoplastia apresenta pós-operatório geralmente confortável. Quando ocorrer uma eventual dor, esta é usualmente combatida com analgésicos, comuns.

15) P: EM QUE POSIÇÃO DEVEREI DORMIR, NOS PRIMEIROS DIAS?

R: Sempre com a cabeça discretamente elevada do leito (travesseiro). Manter- se com a face voltada para cima, sempre que possível.

16) P: QUANDO PODEREI TOMAR SOL?

R: Enquanto houver manchas equimoses, é aconselhável que se evite a exposição solar.

17) P: QUAL A EVOLUÇÃO PÓS-OPERATÓRIA?

R: Até que se atinja o resultado almejado, diversas fases evolutivas são características deste tipo de cirurgia. Assim é que edemas (inchaço), “manchas” de infiltrado sanguíneo, dificuldade respiratória nos primeiros dias, são comuns e alguns apresentam estes fenômenos com menor intensidade que outros. Toda e qualquer preocupação de sua parte deverá ser transmitida ao seu cirurgião plástico. Lembre-se que nenhum resultado de cirurgia estética do nariz deverá ser avaliado antes do período comprendido entre o 6º e o 12º mês pós- operatório.
Agende uma consulta para Rinoplastia – Cirurgia Plástica Nariz – Sao Paulo – Dr. Giovanni André Pires Viana

Entre em contato com CLINIPLAST, São Paulo, Sao Paulo, Brasil, para agendar uma consulta para rinoplastia, cirurgia plastica nariz.

As informações divulgadas neste site tem caráter meramente informativo e não devem ser utilizadas para diagnósticos, procedimentos ou tratamentos médicos sem a prévia consulta e a orientação de um especialista. Consulte sempre um médico.

Cirurgia Plástica São Paulo – Moema